terça-feira, 3 de novembro de 2015

XVIII Jornada de Psicanálise da SPCRJ



A SPCRJ - Sociedade de Psicanálise da Cidade do Rio de Janeiro - é uma instituição que valoriza a interlocução entre os diferentes autores clássicos e contemporâneos da Psicanálise. Tem como fundamento maior a obra de Freud e seu pressuposto principal - o conceito de inconsciente - que direciona todo o campo teórico - clínico do analista. Ao longo do ano de 2015, o tema "O Traumático" veio sendo pesquisado nas diversas atividades clínicas e científicas. Diferentes articulações sobre as vicissitudes psíquicas do trauma foram abordadas. Nesta Jornada pretendemos trazer para discussão e reflexão os muitos e diferentes efeitos do traumático que podemos perceber no sujeito contemporâneo, na função e técnica do analista e na cultura na qual estamos inseridos.


07 de novembro - sábado

08:00 - Entrega de credenciais

08:30 - Abertura

09:00 - Mesa 1 - Coordenação: Cid Merlino Fernandes

"Infância Tecnológica" - Suely Marques (psicanalista e membro efetivo da SPCRJ).
"Catarina e a sombra" - Trabalho elaborado pelo grupo de leitura de Piera Aulagnier, sob coordenação de Maria Pompéa Ferreira Carneiro (psicanalista e membro efetivo da SPCRJ), apresentado por Sylvia Caram (psicanalista em formação SPB).
"Reflexões sobre Abusos Sexuais Infantis na Contemporaneidade" - Denise Ripper (psicanalista e membro associado da SPCRJ).

10:15 - 10:45 - Coffee-break

10:45 - Mesa 2 - Coordenação: Rachel Sztajnberg

"Trauma, Repetição e Sublimação" - Regina Landim (psicanalista e membro aderente da SPCRJ).
"Primo Levi, a escrita do trauma" - Palestrante convidada: Lucíola Freitas de Macêdo (psicanalista, membro da EBP e da AMP e doutora em Psicanálise pela UFMG).

12:30 - 14:30 - Almoço

14:30 - Mesa 3 - Coordenação: Immacolata Tosto Oliveira

"Trauma e separação conjugal" - Lídia Levy (psicanalista e membro aderente da SPCRJ).
"O trauma estruturante" - Maria Lúcia Fradinho (psicanalista e membro efetivo da SPCRJ).
"Em silêncio, a cripta familiar irrompe no corpo" - Marcia Maria dos Anjos Azevedo (psicanalista e membro efetivo da SPCRJ).

15:45 - 16:00 - Coffee-break

16:00 - Mesa 4 - Coordenação: Marcia Maria dos Anjos Azevedo

Palestra de Lançamento da Edição 2015 dos "Cadernos de Psicanálise" da SPCRJ "Trauma e suas vicissitudes" - Palestrante convidada: Felícia Knobloch (psicanalista e pós-doutora em Saúde Coletiva FCM-UNICAMP).


08 de novembro - domingo

09:00 - Mesa 1 - Coordenação: Paulo Junqueira
"Maldade, indiferença e trauma" - Lindinaura Canosa (psicanalista e membro efetivo da SPCRJ).
"Limites" - Anna Elisa Penalber (psicanalista e membro efetivo da SPCRJ).
"Sobre alguns limites da análise uma vez por semana" - Alexandre Jordão (psicanalista e membro efetivo da SPCRJ).

10:45 - 11:00 - Coffee-break

11:00 - Mesa 2 - Coordenação: Claudia Carrera

"O trauma como fundante: A força do significante" - Trabalho elaborado pelo grupo de discussão "O trauma na infância", sob coordenação de Suely Marques e Katia Geluda. Apresentado por Katia Geluda (psicanalista e membro efetivo da SPCRJ).
"O silêncio no trauma" - Gilda Sobral Pinto (psicanalista e membro efetivo da SPCRJ).
"O sujeito e sua angústia hoje: entre selfies e antidepressivos" - Palestrante convidado: Marcos Comaru (psicanalista e doutor em Teoria Psicanalítica pela UFRJ).

12:30 - Encerramento


As inscrições para XVIII Jornada de Psicanálise da SPCRJ podem ser feitas, diretamente, pelo site da SPCRJ.

Para obter mais informações, acesse o site: http://www.spcrj.org.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário